Artigos

O que é calibração e qual a sua importância no processo e na qualidade?

Em Calibração, Qualidade

1. Introdução

Como tudo na vida, um instrumento ou equipamento de medição tem um tempo de vida útil. Esse fato muitas vezes é esquecido pelos usuários e gestores de instrumentos ou equipamentos de medição. O entendimento da necessidade de avaliar o desempenho de um instrumento ou equipamento de medição ao longo do tempo é fundamental para a confiabilidade dos resultados de medição e na obtenção da qualidade de produtos e processos.

Esse blog tem como objetivo apresentar a importância da calibração de instrumentos e equipamentos de medição, bem como auxiliar no entendimento do conceito de calibração e seu impacto na qualidade e na busca pela melhoria contínua.

 

2. A motivação

Ao longo do seu uso um instrumento ou equipamento de medição tende a degradar seu desempenho. É previsível que quanto mais o instrumento e o equipamento for utilizado, maior a chance que seu erro esteja acima do aceitável ou acima das especificações do fabricante. Vale ressaltar que o erro de medição não depende só do equipamento. Outros fatores como o método de medição, as condições ambientais, o padrão utilizado, etc., também afetam o erro de medição.

Quando não avaliamos o comportamento do erro de medição ao longo do tempo estamos aumentando o risco de problemas no controle de qualidade e o risco de tomar decisões erradas na busca pela melhoria de processos e produtos. Se um instrumento ou equipamento de medição apresentar um erro e ele não é conhecido, esse erro estará no processo e afetará decisões, produtos, set-ups, análises de matéria prima ou qualquer etapa do processo que esse instrumento ou equipamento foi ou está sendo utilizado.

A forma mais usual de caraterizar e avaliar o desempenho de instrumentos e equipamentos de medição é a CALIBRAÇÃO. A calibração deve ser realizada periodicamente e é uma condição necessária para que os resultados de medição sejam confiáveis. A figura 1 apresenta o conceito do processo de medição e a motivação para realizar a calibração de um instrumento ou equipamento de medição.

111
Figura 1 – Motivação da calibração

 

 

As calibrações devem ser realizadas como testes de aceitação quando novos instrumentos e equipamentos de medição são adquiridos. São indispensáveis quando existe alguma dúvida sobre o funcionamento do instrumento e equipamento ou este é reparado após um defeito. Devem identificar se o instrumento ou equipamento de medição em uso é confiável, que levem à tomadas de decisões seguras e preservem a qualidade de produtos e processos.

 

3. A calibração e seu resultado

A calibração é um procedimento experimental e pode ser definida “conjunto de operações que estabelece, sob condições especificadas, a relação entre os valores indicados por um equipamento de medição ou valores representados por uma medida materializada ou um material de referência e os valores correspondentes das grandezas estabelecidas por padrões”.

Equipamento-calibrado
Figura 2 – Equipamento calibrado

 

De uma forma simplificada a calibração é uma comparação entre os valores de um instrumento ou equipamento de medição/medida materializada/material de referência e os valores estabelecidos por padrões sob condições especificas, tais como: temperatura ambiental, ausência de poeira e vibrações, tensão de alimentação, etc.

As calibrações devem ser realizadas com base em referências técnicas, tais como normas nacionais e internacional, documentos orientativos do INMETRO, procedimentos internos de laboratórios, recomendações de fabricantes, etc. Usualmente são realizadas por laboratórios de calibração que podem oferecer serviços acreditados (RBC) ou rastreados (utilizando padrões calibrados em laboratórios acreditados RBC).

Os laboratórios pertencentes a RBC (Rede Brasileira de Calibração) atendem a norma ABNT NBR ISO/IEC 17025 – Requisitos para a Competência de Laboratórios de Ensaios e Calibração e tem sua competência técnica avaliada pela CGCRE/INMETRO. Os laboratórios com serviço rastreado normalmente atendem a norma ABNT ISO 9001 – Sistema de Gestão da Qualidade e possuem seus padrões calibrados em laboratórios RBC.

O resultado de uma calibração deve ser apresentado em um documento técnico, usualmente chamado de “certificado de calibração” ou “relatório de calibração”. O conteúdo de um certificado de calibração deve atender ao requisito 5.10: Apresentação de Resultados da norma ABNT NBR ISO/IEC 17025 – Requisitos para a Competência de Laboratórios de Ensaios e Calibração.

Um certificado deve apresentar diversas informações sobre o procedimento e as condições de calibração. Usualmente é apresentado uma tabela ou um gráfico como resultado de cada ponto medido ao longo da faixa de medição do instrumento ou equipamento, bem como as estimativas do erro ou correção e da incerteza expandida associada ao erro ou correção. Com as informações apresentadas em um certificado de calibração é possível avaliar o desempenho do instrumento ou equipamento comparando com especificações de uma norma, do fabricante, ou em acordo com a tolerância do processo.

 

4. Quem pode realizar calibrações?

Essa é uma pergunta muito comum e do ponto de vista técnico, as calibrações podem ser realizadas por que tem conhecimentos e meios para realiza-las. Caso seja realizada com o devido rigor técnico e respeitando as exigências de padrões, condições ambientais e tendo um procedimento claro, os resultados da calibração serão tecnicamente aceitáveis.

Existem razões para que as calibrações sejam realizadas por entidades especializadas e independentes. Calibrações realizadas por entidades especialistas, independentes e neutras são mais facilmente aceitas pelas partes envolvidas em uma transação comercial ou no caso de alguma disputa. Também é importante avaliar o alto custo de laboratórios, padrões e pessoal qualificado.

Para que um laboratório ou entidade independente seja oficialmente considerada apta a realizar calibrações, é necessário que seja atendido diversos requisitos técnicos e organizacionais. Como exemplo: padrões, pessoal qualificado, estrutura de laboratórios com ambiente controlado, procedimentos técnicos de calibração e avaliação de incerteza de medição, etc. Também é necessário passar por severas auditorias e avaliações técnicas para obter a acreditação e o reconhecimento da competência técnica.

 

5. Conclusão

Em plena era de globalização não existe mais espaço para produtos de baixa qualidade. Para as empresas é crucial a manutenção e melhoria da qualidade de seus produtos e processos. A qualidade deve ser obtida a qualquer custo, o que só acontece quando utilizamos instrumentos e equipamentos de medição confiáveis e devidamente calibrados.

As normas da série ISO9000 estabelece requisitos auxiliara a gestão das empresas na busca pela manutenção e melhoria da qualidade de seus produtos e processos. A calibração tem um papel fundamental nesse processo, sendo um dos requisitos técnicos necessários para a obtenção da certificação das normas da série ISO9000.

Minuto da Metrologia: Por que calibrar um instrumento de Medição?

Fale conosco!