Artigos

As 4 etapas do mapeamento térmico de uma área de armazenamento de medicamentos

Em Mapeamento térmico

A nova publicação da RDC 430 , antiga RDC 304,  pela ANVISA, que dispõe sobre as Dispõe sobre as Boas Práticas de Distribuição, Armazenagem e de Transporte de Medicamentos, informa a necessidade de conhecer o perfil térmico das áreas de armazenamento de medicamentos.

Mas o que significa conhecer o perfil térmico de uma área de armazenamento de medicamentos?  Essa resposta pode ser obtida através do olhar proposto pela OMS – Organização Mundial da Saúde em seus suplementos técnicos.

Entender o perfil térmico somente é possível através de um ensaio definido como Mapeamento Térmico. Esse artigo apresenta as 4 etapas propostas pela OMS para a realização de um mapeamento térmico adequado.

Um ponto importante destacar é que realizar um mapeamento térmico não evidencia uma qualificação da área de armazenamento de medicamentos. A qualificação de uma área de armazenamento é tratada separadamente pela OMS em um suplemento técnico específico.

O que é um mapeamento térmico

A OMS define em seu suplemento 8 o conceito de mapeamento (térmico) como: “Medição documentada da distribuição de temperatura e/ou umidade em uma área de armazenamento, incluindo a identificação de locais quentes e frios”. Veja mais sobre este assunto no nosso blog O que é um Mapeamento Térmico?

Realizar um mapeamento térmico é avaliar o perfil térmico de uma área de armazenamento, buscando identificar pontos quentes e pontos frios com o objetivo de utilizar a área da melhor forma possível, minimizando risco de excursão de temperatura nos produtos e localização dos melhores locais para o monitoramento posterior da temperatura e/ou umidade.  A figura abaixo apresenta um exemplo de um mapeamento térmico sendo realizado em uma câmara fria (tipo walk-in).

As 4 etapas de um mapeamento segundo a OMS?

Em acordo com o Suplemento 8 da OMS, o mapeamento térmico é requerido para qualquer espaço utilizado para armazenar ou manusear produtos (medicamentos e produtos para saúde) com uma especificação de temperatura controlada (rótulo do produto).

Um estudo de mapeamento estabelece a distribuição de temperatura (podemos entender como a uniformidade e estabilidade térmica) dentro de uma zona sendo mapeada e localiza pontos “frios” e pontos “quentes”. Os dados observados fornecem uma essencial fonte de informação para garantir que os produtos são armazenados adequadamente dentro da sua faixa de temperatura.

São 4 passos recomendados para a realização de um estudo de mapeamento térmico: preparação de um protocolo, execução do estudo de mapeamento, elaboração do relatório e implementação de recomendações de melhorias e ações identificadas no relatório.

 

  • Elaboração de um protocolo de mapeamento térmico: neste passo um protocolo é elaborado com as informações, critérios, métodos, conteúdo mínimo do relatório, entre outras informações relevantes para realização do estudo;
  • Execução do estudo de mapeamento térmico: aqui é realizado o estudo conforme estabelecido no protocolo, sendo utilizado o número e tipo de datalogger adequado. A OMS recomenda que o estudo seja conduzido por 7 dias consecutivo, sendo 5 dias de semana e 2 dias de final de semana;
  • Elaboração do relatório de mapeamento térmico: após execução do estudo de mapeamento térmico, os dados devem ser coletados e um relatório elaborado. O relatório deve ser elaborado conforme recomendações do protocolo, apresentar os pontos quentes e frios, resultados numéricos e gráfico, e recomendações e sugestões de ações de melhoria ou correções necessárias.
  • Recomendações e ações identificadas: Avaliar relatório e suas recomendações de melhoria e correções. Implementar ações e correções e realizar uma qualificação completa da área de armazenamento conforme Suplemento 7 – Qualification of temperature-controlled storage areas.

 

Todos os documentos e suplementos técnicos da OMS referentes às Boas Práticas de Distribuição de Medicamentos estão disponíveis no link:

https://www.who.int/medicines/areas/quality_safety/quality_assurance/distribution/en/

Como podemos ajudar a sua empresa?

A ACC Engenharia de Medição com um corpo técnico altamente qualificado e com mais de 20 anos de experiência pode ajudar sua empresa a aplicar os conceitos de metrologia produtiva, auxiliando na avaliação de potenciais de melhorias e ações efetivas para garantir a qualidade das medições e assim agregando valor aos seus processos e produtos.

Podemos auxiliar sua empresa nas 4 etapas de um estudo de mapeamento térmico. Um estudo realizado com uma fundamentação adequada é fundamental para a qualidade das informações geradas e compreensão dos resultados.

Conhecimento metrológico e suas aplicações são fundamentais para a busca da melhoria contínua e para garantir uma boa produtividade e ações assertivas.

Entre em contato conosco e entenda como podemos ajudar você a gerar valor

[1] WHO. Supplement 8 – Temperature mapping of storage areas. 2015
[2] FDA. US Pharmacopeia <1079> – GOOD STORAGE AND SHIPPING PRACTICES-General Chapters. 2008
[3] ANVISA. RDC 430 – Dispõe sobre as Boas Práticas de Distribuição, Armazenagem  e Transporte de Medicamentos.  2020

Quais os aspectos metrológicos na área da saúde?

Fale conosco!