Artigos

Incerteza de Medição: A Qualidade necessária no meu processo!

Em Incerteza de Medição, Metrologia, Sobre a área de medição

Nenhum processo ou operação que possua uma medição atrelada consegue garantir 100% de confiança nos resultados de medições apresentados. Para que uma maior probabilidade de confiança seja alcançada, é necessário o uso de técnicas e ferramentas adequadas que propiciem obter resultados aceitáveis e que possam avaliar a  qualidade da medição.

A avaliação da incerteza de medição está diretamente relacionada com a qualidade de medição e pode ser utilizada como critério para a escolha de laboratórios de calibração , por exemplo. Conhecer a incerteza de medição também é uma forma de detectar se os instrumentos de medição estão trabalhando dentro de um intervalo adequado e não oferecem riscos negativos aos resultados dos produtos ou serviços. Veja mais sobre incerteza de medição em nossos artigos Como a Incerteza de Medição afeta a Qualidade do meu processo? e Por que a Incerteza de Medição é importante?

A Incerteza de medição

Segundo o Vocabulário Internacional de Metrologia, incerteza de medição é um “parâmetro não negativo que caracteriza a dispersão dos valores atribuídos a um mensurando, com base nas informações utilizadas”. Em termos gerais, a incerteza de medição é um critério quantitativo utilizado para atestar a qualidade do resultado de uma medição.

A incerteza de medição não é um valor absoluto, mas é representada na forma de um intervalo de valores, na qual se espera que o valor verdadeiro esteja contido. Por exemplo , uma medição realizada em um processo térmico, o operador declarou o resultado de 32°C ± 3°C, ou seja a incerteza de medição associada a esse valor foi de ±3°C. Como  a incerteza de medição não é um valor absoluto mas sim um intervalo entre valores, podemos dizer que o valor verdadeiro pode estar entre 29°C e 35°C.

A incerteza de medição ainda é declarada com um valor chamado de probabilidade de abrangência, que representa o nível de confiança nos resultados. Pegamos como exemplo , o certificado de calibração de um bloco padrão que declara uma tendência (erro) de 0,002 mm e uma incerteza de medição associada de 0,0012 mm com uma  probabilidade de abrangência de 95%. Nesse caso, não sabemos o valor verdadeiro,  mas atesta-se que com 95% de confiança que ele esteja entre 0,0032 mm e 0,0008 mm.

Analisando a incerteza de medição

A incerteza de medição está diretamente relacionada com a qualidade e confiabilidade de uma medição, e algumas decisões podem ser influenciadas dependendo do valor declarado para a incerteza. Vamos listar alguns exemplos em que essas decisões podem ocorrer.

Primeiramente, temos a situação da escolha de laboratórios de calibração ou ensaio, que pode ser feita analisando diferentes valores de incertezas obtidos por esses laboratórios. Pegamos por exemplo o caso de dois laboratórios acreditados e com seu escopo de serviço e o valor de sua melhor incerteza de medição declarados no site da Rede Brasileira de Calibração – RBC. Um laboratório consegue alcançar a incerteza de medição mínima de 0,02°C para um determinado serviço de temperatura, enquanto o outro declara para o mesmo tipo de serviço o valor de 0,1°C. Neste exemplo, temos o caso que o valor de incerteza de medição pode ser um critério para a escolha de um laboratório ou outro.

Segundo, temos o caso da incerteza de medição avaliada no certificado de calibração de um instrumento muito de medição. Pegamos o exemplo de um relógio comparador que teve em seu certificado de calibração uma tendência (erro) de declarada de 0 mm e uma incerteza de 0,03 mm.  O cliente possui um requisito de no máximo 0,02 mm para aquele instrumento, e só o valor de incerteza já ultrapassa o critério definido. Neste caso, o instrumento foi reprovado pela faixa de incerteza declarada. Veja mais sobre incerteza e calibração em nosso artigo Qual a relação entre Incerteza de Medição e Calibração?

Por fim, pegamos o exemplo de um departamento de engenharia que está calculando as fontes de contribuição de incerteza em seu processo de medição. Neste exemplo, a equipe realizou um estudo de causa e efeito, e listou uma série de fontes que afetam o resultado de medição declarado naquele processo em específico. Ao quantificar essas fontes , chegaram a conclusão que duas componentes ligadas a máquina eram as maiores influências no cálculo da incerteza. Neste caso, a equipe de engenharia pode observar através do resultado de incerteza de medição quais fatores influenciavam seu processo.

A incerteza de medição é a única certeza que temos em um processo de medição, para que haja qualidade e conformidade nos produtos e serviços, todos os equipamentos envolvidos precisam estar devidamente calibrados com níveis de erro e incerteza adequados. Não conhecer a incerteza de medição seria o mesmo que navegar de olhos vendados, sendo guiado por uma mar de dúvidas.

Como podemos ajudar a sua empresa?

A ACC PR Engenharia de Medição com um corpo técnico altamente qualificado e com mais de 20 anos de experiência pode ajudar sua empresa a aplicar os conceitos de metrologia produtiva, auxiliando na avaliação de potenciais de melhorias e ações efetivas para garantir a qualidade das medições e assim agregando valor aos seus processos e produtos.

Conhecimento metrológico e suas aplicações são fundamentais para a busca da melhoria contínua e para garantir uma boa produtividade e ações assertivas.

Entre em contato conosco e entenda como podemos ajudar você a gerar valor

[1] INMETRO. Vocabulário Internacional de Metrologia: Conceitos fundamentais e gerais e termos associados (VIM 2012)
Fale conosco!