Artigos

A importância da metrologia na área da saúde

Em Metrologia

A ciência da medição, conhecida como Metrologia, tem uma abrangência para aplicação de seus conceitos e práticas imensurável. O VIM, ao definir a Metrologia, apresenta uma nota “…engloba todos os aspectos teóricos e práticos da medição, qualquer que seja a incerteza de medição e o campo de aplicação”.

Qualquer que seja o campo de aplicação é uma afirmação muito genérica e a primeira vista não temos uma ideia do impacto. As medições são realizadas nas mais diversas áreas: saúde, petróleo e gás, bebidas, alimentos, energia, mineração, etc., e nas mais diversas grandezas: temperatura, umidade, pH, concentração, energia, campo elétrico, densidade, viscosidade, dimensão, volume, massa, força, etc.

Com uma abrangência tão grande e uma infinita gama de conhecimentos, práticas e áreas de atuação, a ciência da medição tem um impacto muito grande nos resultados das empresas, na produtividade, na qualidade, na segurança, na saúde, no meio ambiente, enfim em diversos aspectos da nossa sociedade globalizada.

O valor da metrologia e seu impacto ainda é pouco compreendido no Brasil, somos um país com pouco conhecimento metrológico e a consequência disso é sentida diariamente com produtos de baixa qualidade, serviços ruins, processos ineficientes, profissionais sem qualificação adequada, etc.

Esse artigo apresenta alguns pontos relevantes das práticas da metrologia, seus conceitos e como isso pode afetar a sociedade e as empresas e traz também um olhar especial para a área da saúde, onde o impacto não pode ser sentido apenas financeiramente.

A medição e a informação

O primeiro ponto a ser apresentado é que a medição é um pedaço de informação e este conceito passa despercebido na rotina de empresas e profissionais. Ao realizar uma medição estamos coletando uma informação sobre algo ou alguma coisa, por exemplo, a medir o pH de uma amostra queremos saber sua acidez.

Em um processo, ao realizarmos diversas medições ao longo do tempo e em diferentes processo ou produtos, estamos obtendo um grande número de informações que precisam ser trabalhadas para a tomada de ações e decisões.

As medições são fontes de informação para o controle de processos, inspeção da qualidade de um produto, recebimento ou não de uma matéria prima, liberação ou não um lote para a produção, etc. Agora ficam-se as perguntas, essa informação é confiável? Podemos acreditar na medição?

Essas respostas só podem ser dada com conhecimento sobre a ciência da medição. Avaliar os níveis de incerteza, erros envolvidos, métodos de medição e como isso afeta a qualidade da medição são exemplos de conhecimentos necessários para garantir a qualidade da medição e a confiabilidade da informação (medição).

A tomada de decisão e a medição

O segundo ponto é a influência da medição na tomada de decisão nas empresas. As medições ou informações coletadas nas empresas, seja para o controle de produto ou para o recebimento de uma matéria prima, são utilizadas para uma tomada de decisão.

Por exemplo, ao analisar uma amostra para a liberação de um lote, uma decisão importante precisa ser tomada a partir de medições, como liberar ou não o lote. Exames clínicos são realizados para a obtenção de informações sobre a saúde de um paciente e um médico avalia o melhor tratamento a partir dos resultados das medições realizadas.

As medições realizadas no chão de fábrica alimentam indicadores e resultados de processos. Esses indicadores e informações são geralmente utilizados pela gerência e direção para avaliação de ações estratégicas para empresas. Ou seja, em um avaliação mais profunda, podemos ver que medições não confiáveis afetam até a decisões em níveis estratégicos pois geram indicadores e informações de processos pouco confiáveis.

Uma área onde o impacto das medições se destaca é na saúde. As infinitas grandezas de medição, tipos de instrumentos, diferentes fatores de influência nos resultados de medição, diversidade de mensurandos, entre outras dificuldades técnicas são exemplos de grandes desafios que a metrologia tem na área da saúde.

O impacto de erros de medição nos processos e decisões pouco assertivas na área da saúde causam um impacto social. Não temos apenas o prejuízo financeiro pode ser observado, ou a necessidade de responder a uma não conformidade, a realização de um retrabalho, devoluções de produtos, etc. Na área da saúde temos a vida humana em risco, a segurança do paciente e a melhoria da qualidade de vida.

Erros de medição na temperatura de uma vacina pode impedir que o medicamento chegue ao usuário final, ou em casos extremos, chegar ao usuário sem eficácia. Um medicamento oncológico, por exemplo que foi fabricado com proporções erradas devido a uma balança inadequada pode não funcionar, e o usuário final não tem como saber se o medicamento que ele utilizou conseguiu atender a sua necessidade. A validação de processos e a garantia da qualidade são fundamentais para minimizar esses riscos.

A metrologia ainda não é utilizada em sua grande escala na área da saúde, porém pequenos investimentos metrológicos nessa área podem proporcionar grandes avanços para a medicina.

[1] INMETRO. Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM). 2012.
[2] Albertazzi Jr, A. G. Fundamentos de metrologia científica e industrial. 2º Ed. 2018.
[3] UNIDO. Role of measurement and calibration in the manufacture products for the global market.
Fale conosco!