Artigos

Metrologia produtiva, o valor da medição para seu processo ou produto!

Em Calibração, Metrologia, Qualidade

A metrologia tem um estigma de ser não produtiva, não gerar valor para o produto ou processo e em muitos casos, em especial no Brasil, as empresas tem como objetivo reduzir os custos com metrologia o máximo possível. Esse artigo tem como objetivo apresentar a importância e o papel da metrologia na produção e demonstrar como a metrologia pode gerar valor ao seu produto ou processo. O termo “metrologia produtiva” é apresentado para enfatizar o objetivo comum das áreas de produção e dos metrologistas em aplicar a metrologia para o melhor beneficio do produto e do processo.

As medições são realizadas para obtermos informações confiáveis sobre o nosso mundo. Embora a metrologia ser geralmente aceita como tendo uma função importante, ela ainda é vista como um fator de custo e muito raramente como sendo um meio de agregar valor nos processos de manufatura.

Frequentemente os cientistas e profissionais da tecnologia de produção são confrontados com situações como “essa medição não pode custar mais que…”. É função dos metrologistas considerar seriamente esses argumentos e trazer a metrologia a uma posição, onde ela é aceita como uma tecnologia capacitadora e de apoio que adiciona valor a cada etapa do processo de produção.

Geralmente o desenvolvimento das tecnologias de produção está ligado a melhor qualidade de produtos a aumento da produtividade. Esses objetivos são alcançados pela otimização de todo o sistema de produção, o que significa atender aos requisitos técnicos com o menor custo possível.

Medição, informação e conhecimento

 

Para entender melhor como a metrologia gera valor para o processo ou produto, vamos analisar os conceitos de mediçãoinformação conhecimento. 

Medição

Em acordo com o VIM 2012, o termo medição é definido “processo de obtenção experimental de um ou mais valores que podem ser, razoavelmente, atribuídos a uma grandeza”. Uma definição que está em acordo com o sentido e entendimento do que é medir.

Uma análise mais profunda no conceito e verificamos que a questão de “um ou mais valores” refere-se a informação sobre a grandeza. A obtenção da informação sobre o que se deseja medir.

Informação

O sentido fundamental da informação foi assunto de interesse de um grupo de matemáticos durante a segunda metade da década de 1940. Eles examinaram um método de como definir e quantificar informação e fazer essa informação mensurável. Esse grupo, convidado por N Wiener e J.V. Neumann apresentaram a seguinte definição de informação “Conteúdo de um sinal, dado por um parâmetro representativo. Para comunicação da informação é necessário acordar um código.”

Quando a “informação” é obtida das medições, ela tem o propósito de gerar um conhecimento especifico das quantidades físicas ou parâmetros de sistemas de manufatura e produtos.

Resultado de imagem para information

Conhecimento

Peter F. Drucker define o conhecimento como “…a informação que muda algo ou alguém, seja por se tornar motivo para ações, ou por fazer um individuo (ou instituição) capaz de ações diferentes e mais assertivas…”.

Como consequência, conhecimento é o resultado desejado da obtenção experimental da informação. Este é um pré-requisito para uma a elaboração de uma ideia, de um conceito, ou da definição de uma modelo funcional tornar-se algo real.

Drucker apresenta dois tipos de conhecimento: “conhecimento tácito” e “conhecimento explícito”. O conhecimento explícito pose ser comunicado por linguagem formal e correta, expressões matemáticas, manuais, livros, revistas, etc. Pode ser prontamente transmitido para os outros e facilmente processado por computadores, transmitido eletronicamente e salvo em bases de dados.

O conhecimento tácito, por outro lado, está frequentemente incorporado nas experiências do individuo e envolve fatores intangíveis, como crenças, perspectivas e sistemas de valores. Articular o conhecimento tácito em linguagem formar é difícil, mas não impossível de conseguir. Antes de o conhecimento tácito ser comunicado, ele deve ser convertido em palavras, modelos, números que possam ser entendidos.

Resultado de imagem para conhecimento

Metrologia Produtiva

 

Em acordo com as definições acima podemos entender o conceito “metrologia produtiva”. O VIM define metrologia como “ciência da medição e suas aplicações”. Um conceito generalista que não nos possibilita entender o impacto da metrologia na geração de valor em um produto ou processo.

O termo “metrologia produtiva”, proposto por H. Kunzmann e T. Pfeifer, em acordo com os conceitos acima é definido “ciência da medição e sua aplicação para obter informação e subsequente conhecimento para mudar algo ou alguém, seja para se tornar motivo para ações ou fazendo um individuo (ou instituição) capaz de ações diferentes e mais assertivas”

Essa definição deixa claro que a informação obtida pela medição deve ser usada de um modo efetivo e útil.

Metrologia gera informação e conhecimento

Medições são realizadas para determinar quantidades especificas ou parâmetros de processos/produtos em números e unidades. Esses resultados de medição são conteúdos de informação, que são transferidos para alguém ou para um sistema de processamento de informação para comparação com parâmetros esperados, conhecidos ou definidos por outros experimentos.

Obtenção de conhecimento é o objetivo de uma medição e transferência de informação para ser capaz de agir a partir desse conhecimento e desenvolver know-how e finalmente obter a sabedoria para gerenciar as melhorias em processos de manufatura e produtos.

Abaixo podemos ver graficamente o ganho de conhecimento e sabedoria através da experiência e do entendimento. O ponto inicial para a obtenção da sabedoria é a metrologia.

Ganho de conhecimento e desenvolvimento da sabedoria como resultado do aumento da experiência e do entendimento

Fale conosco!